Shows da Seletiva

As bandas classificadas na seletiva para o Camping Rock 2017 vão se apresentar ao vivo para seleção final das 8 bandas que vão tocar no evento.

Confira a programação dos shows da Seletiva.

Show I – Domingo, 22/01/2017

2 Dedo

Banda formada no outono de 2013 em Mariana (MG) pelos músicos Christiano Dedo (vocal), Zé Lobo Dedo (guitarra e teremim), Fabiano Dedo (baixo e backing vocal) e Duillian Dedo (bateria) com  o principal objetivo de fazer tributo às bandas Black Sabbath e Grand Funk.

Apesar de ser uma banda recém-formada, 2 Dedo é formada por músicos com experiência em outros projeto de Heavy Metal, Hard, Grunge e Punk Rock.

Agents of Havok

O baterista e cantor Diego Svern “The Bad Guy”, a baixista Ana Lima e o guitarrista Thiago Campos se uniram em um formato incomum para criação de algo inexplorado na cena de metal.

Com diversos arrangements, melodias cativantes e uma performance explosiva, Agents of Havok vem para proporcionar uma nova experiência.

Elephant Casino

Na trilha do Hard Rock e no intuito de levar ao público uma experiência musical única, a banda surgiu em 2015, formada por Fabrício Araujo, Rafael Fajardo, Viny Silveira e Diego Sans

Elephant Casino tem identidade latente em seu som, caracterizado por feeling e técnica, em músicas que vão do hard ao prog, e de baladas a músicas com muita sensibilidade.

Komarok

Na estrada desde 2012, a Komarok toca músicas autorais inovadoras com pegada irreverente e pesada.

A banda, formada no encontro do vocalista Solto Rafael com o guitarrista Marcelo Augusto, venceu o Number One Festival da 98 FM e o Garagem Festival, já lançou um EP e um CD que tem como temática principal algumas histórias vividas pelos próprios integrantes e por fãs da banda.

“Através da música, fazemos uma cirurgia em sua alma e acordamos você do coma”.

Márcio Aranha e a Teia

A banda dá continuidade ao trabalho iniciado por Márcio Aranha em 1998, com seu violão e voz, tocando canções de paz em espaços alternativos e underground de BH.

Atualmente, a banda traz em sua formação Márcio Aranha (violão de 12 cordas/voz), Carlos Henrique (baixo) e Kleber Alexandre (bateria).

Márcio Aranha e a Teia mistura ritmos (Folk, Blues, Regional) para trazer, de uma forma poética, a verdade do cotidiano urbano e das coisas do universo.

Mc Miners

Sob a influência de nomes como Flogging Molly, Dropkick Murphys, Paddy and The Rats e The Dreadnoughts, e com instrumentos diferenciados, o grupo Mc Miners se dedica ao crescimento do estilo Celtic Punk na cena do Rock nacional.

Fundada por Gabriel O’Finnegan (baixo, vocais, Bandolim e bodhrán) e Nicolas Ramos (gaita de foles), a banda conta ainda com Nathan Augusto (guitarra), Luciano Alvim (acordeon e tin whisle), Guilherme H. Silva (bateria e percussão) e Marianna Gray (violino).

Pátria Refúgio

A história da banda começou em Sabará (MG), quando o baixista Conrado Dias decidiu montar uma nova experiência musical com seu amigo Brenon Douglas. A eles se juntaram Daniel Linhares, o baterista Rodrigo Constâncio e o vocalista Thiago Ampére.

O som do Pátria Refúgio: vocais harmônicos, guitarras afiadas, baixo e bateria potentes, levantando a bandeira do metal brasileiro aonde for.

Seu Silva

Com parte dos integrantes maranhense e outra mineira, Seu Silva teve sua primeira formação no ano de 2000 em Belo Horizonte (MG).

Melodias e letras inspiradas no folclore nordestino e na Literatura de Cordel, resultante da mistura de Embolada, Repente e Baião, somados ao rock and roll: um som que eles próprios batizaram de “Repentecore”.

Show II – Domingo, 29/01/2017

A Ruga

A banda é o resultado da junção de quatro músicos: Marcus Ravelli (vocal), Luís Campolina (teclado), Gleison de Páscoa (baixo), Mauro Fiereck (guitarras) e Wilks Rogers (bateria) com ideais semelhantes.

Eles buscam satisfazer suas inquietações musicais – que transcendem os padrões comerciais – explorando melodias oriundas do rock progressivo, com distorções pesadas e que ás vezes passeiam por compassos compostos e contratempos conhecidos pelas bandas da década de 70.

Alma Negra

Alma Negra apresenta uma abordagem própria do Blues e do Rock and Roll que dele se derivou. Influências: Robert Johnson, Willie Dixon, Muddy Waters, Howlin’ Wolf, Grand Funk Railroad, The Beatles, Bob Dylan, Jimi Hendrix, Elvis Presley, Little Walter e Chuck Berry

Membros: Dhiego Souto (vocal e gaita), Állan Vasconcellos (guitarra), Cícero Leitão (baixo) e Marco Antonio (bateria).

Eletrolise

Dentro do já combalido terreno do rock independente, eis que em 2008 surge a banda Eletrolise, prometendo destoar dentro desta cena, embasados no bom e velho Rock and Roll e devidamente influenciados por bons sons, que variam desde o Blues até o Grunge.

A banda, formada por Breno Araújo (bateria), Júnior Staccato (baixo), Guilherme Brandani (vocal/guitarra) e Diogo Brandani (guitarra), está em estúdio gravando o seu primeiro registro.

Engradado

Uma apresentação musical festiva, com muita presença de palco e interação com o público, compondo um ambiente perfeito para se tomar uma cerveja com os amigos.

Incorporando em suas composições o típico vocabulário mineirês e descrita por fãs como Rock n’ Roll Etílico, o Engradado é formado por Gabriel “Papito” Oliveira (voz), Arthur “Tux” Alkmim (baixo), Augusto “Magrelo” Oliveira (guitarra) e Tavos Mata Machado (bateria).

Máquina 4

Máquina 4 é uma banda mineira natural de Belo Horizonte que lançou em EP em agosto de 2015, e está na estrada divulgando este trabalho e fazendo homenagens às bandas dos anos 80.

Hoje, a banda conta com Alemão (voz), Mauro (guitarra), João Paulo (baixo) e Thiago Prado (bateria) e está se preparando para lançar um novo trabalho no começo de 2017.

Mentol

Trio de Belo Horizonte formado em 2007, Mentol conta com Flávio Freitas na bateria, Ricardo Machado no baixo e vocal e Thiago Leão na guitarra para produzir e reproduzir o bom e velho Rock and Roll, sem invenções e frescuras.

A banda passou a trabalhar com repertório autoral e, em junho de 2013, lançou seu primeiro EP com 6 faixas de rock e blues em português.

Suspense

Desde o início, muitas canções novas foram criadas pela banda Suspense misturando a ousadia do Rock Progressivo com a energia da música Pop, com uma deliciosa pitada de malícia jazzística.

Com letras em inglês, as músicas falam sobre questões do comportamento humano. Cada música da Suspense foi composta para ser uma obra única, original e completa.

Componentes: Luã Linhares (voz principal, teclado, violão e guitarra), Luciano Soares (guitarra), Carlos Linhares (baixo) e Edgar Filho (bateria).

Wisache

Rock n ‘roll com muita energia e atitude. Assim se define o som do Wisache.

Uma grande explosão caótica que mistura “punch” e melodias em sua essência mais pura, trazendo o melhor estilo moderno e consistente.

Esta não é uma escolha. Wisache, formada por Rod (voz), Musashi (guitarra), Bernardo (baixo) e Ghuzz (bateria), apenas faz o que tem que fazer: um som que é uma porrada, mas que sussura esperança.

Informações

Local: Stonehenge Rock Bar

Rua dos Tupis, 1448 – Barro Preto – Belo Horizonte (MG).

Entrada: R$10,00.

Abertura da casa: 15h.

Latão: R$6,00 e sinuca liberada.

Super telão com imagens raras Camping Rock no Balneário Brisa (Jaboticatubas), na Fazenda Chaparral (Itabirito) e na Fazenda Real no Curral (Baldim).

Mapa

Stonehenge Rock Bar

Compre seu passaporte do Camping Rock 2017

Parcele em até 12 x no cartão.

 

Comprar