Atrações

Veja  as atrações confirmadas no Camping Rock 2018.

2 Dedo

2 Dedo

A banda 2 Dedo foi formada no outono de 2013 na cidade de Mariana (MG), fazendo a princípio, covers de Black Sabbath, Grand Funk, Deep Purple entre outros, mas logo foi além e começou a compor.

Lançou em março de 2016 seu primeiro álbum, “Between Cosmos and Hell”, com canções que versam sobre conflitos existenciais e psicossociais em uma narrativa repleta de ocultismo.

A Ruga

A Ruga

Marcus Ravelli (vocal), Luís Campolina (teclado), Gleison de Páscoa (baixo), Mauro Fiereck (guitarras) e Wilks Rogers (bateria) buscam satisfazer suas inquietações musicais.

Exploram melodias oriundas do rock progressivo, com distorções pesadas e que ás vezes passeiam por compassos compostos e contratempos conhecidos pelas bandas da década de 70.

Agents of Havok

Agents of Havok

Agents of Havok está vindo para lhe dar uma nova experiência em termos de integração.

Formato de banda incomum focado em criar algo não bem explorado na cena do metal.

Com diversos arrengements, melodias cativantes e uma performance perfurada de explosão.

Alexandre Araújo Blues

Alexandre Araújo

São 25 anos de estrada, percorrendo as principais capitais do Brasil e cidades do interior mineiro com sua escola itinerante de blues.

Como guitarrista solo, Alexandre participou de toda a obra do instrumentista e compositor Marco Antônio Araújo.

Aly Na Skyna

Aly Na Skyna

Aly na Skyna surgiu em 2010 com o objetivo de divulgar a música feita pelo Lynyrd Skynyrd em todo o Brasil.

Desde então, os caras fizeram apresentações em várias casas de rock em Minas Gerais, São Paulo e Rio de Janeiro.

A banda foi aprovada por fãs brasileiros, americanos e até mesmo por membros do próprio Lynyrd Skynyrd.

Banda do Lixo

Banda do Lixo

“… um dos mais furiosos grupos de Punk-Rock que se tem notícia: a Banda do Lixo.

Quando entra no palco, um cataclismo se instala na plateia. Os garotos uivam, as garotas desmaiam e um terremoto de som sacode os alicerces do teatro.

Pandemônio geral. A Banda do Lixo não deixa pedra sobre pedra.”

Ezequiel Neves, crítico e produtor musical (Revista Pop, maio 1978)

Barril de Pólvora

Barril de Pólvora

Um som pesado e contagiante com a intenção de manter a chama do Metal brasileiro acesa.

A proposta era executar releituras do Rock Clássico ao Heavy Metal Nacional e Internacional.

Pitadas de sátira, criticas e metáforas, mantendo a mesma influência e pegada das pérolas do Rock, Blues e Metal.

Beto Rock’N’Blues

Beto Rock'n Blues

Há mais de dez anos na estrada, vem fazendo o que há de melhor no Rock clássico setentista, juntamente com a nostalgia do rock nacional dos anos 80.

Usando violão e gaitas, consegue trazer a essência do Rock’N’Blues!

No repertório, Pink Floyd, Rolling Stones, Beatles, Deep Purple, Led Zeppelin, Neil Young, Bob Dylan, Eric Clapton etc.

Blues Horizonte Band

Blues Horizonte Band

A proposta é interpretar Blues, R&B e Soul de forma intensa e valorizando as principais características do estilo.

Blues Horizonte apresenta o Blues sonoramente moderno, intenso e com características fortes, profundas e marcantes deste bom e velho estilo.

Bud Pump

Bud Pump

Bud Pump é uma banda de Blues-Rock com fortes influências do improviso do jazz.

A banda alia a seriedade da proposta com a liberdade do improviso, o que torna cada show uma experiência única para o público e para os músicos.

Cada apresentação é única e permeada pelo verdadeiro sentido da arte.

Concreto

Concreto

A banda Concreto é formada por Marcelo Loss (voz e baixo), Túlio de Paula (voz e guitarra), Adriano Fidélis (guitarra) e Teddy Almeida (bateria).

Está soando mais pesada do que nunca.

Muitos anos de estrada e distorções sonoras fizeram da Concreto um nome muito respeitado no meio roqueiro do Brasil.

Eletrolise

Eletrolise

A banda Eletrolise desde 2008 vem escrevendo sua história em Belo Horizonte/MG, onde estão fazendo Rock’n’Roll com influências nacionais e internacionais.

Um trabalho novo pra quem curte acompanhar a evolução do Rock ao longo dos tempos.

Elias Mizrahi

Elias Mizrahi

Fundador da banda Veludo que, ao lado de relevantes bandas do cenário nacional, como Mutantes, o Terço e Vímana, fez muito sucesso nos anos 70.

Veludo foi além do Tropicalismo e bebeu de fontes como Yes, ELP e King Crimson.

Elias ressurge com os clássicos da banda prometendo um show histórico no Camping Rock.

LuaR

LuaR

LuaR é uma banda formada por amantes do grande Raul Seixas.

Trazendo ao publico a sensação de proximidade ao show, e ao mesmo tempo sem perder a personalidade de seus integrantes.

“Luar é meu nome aos avessos” – Raul Seixas.

Márcio Aranha e a Teia

Márcio Aranha e a Teia

Márcio Aranha e a Teia mistura ritmos (Folk, Blues, Regional) para trazer, de forma poética, a verdade do cotidiano urbano e das coisas do universo.

A banda  é formada por Márcio Aranha (violão de 12 /voz), Carlos Henrique (baixo) e Kleber Alexandre (bateria).

Está lançando um novo disco: “A Cria…”.

More Beer

More Beer

More Beer traz ao Camping Rock 2018 a sonoridade de bandas dos anos 70, como Grand Funk e outros dinossauros como Free, James Gang, Rush e The Who.

A banda, composta por Valnei Fernandes (vocal), Lorra Henrique (baixo e vocal), Beto Medeiros (guitarra) e Solon Medeiros (bateria), vai trazer ao Camping Rock releituras de clássicos do Rock and Roll.

O Elemento Blues

O Elemento Blues

A banda foi formada originalmente em 2010 no cenário de Belo Horizonte, Ouro Preto e Triângulo Mineiro.

Em um explosivo formato de power trio, faz releituras de clássicos de Robert Johnson, Eric Clapton, Rolling Stones, John Lee Hooker, Muddy Waters, Buddy Guy e Howlin Wolf, além de músicas autorais.

Opus Sabará

Opus Sabará

Com alguns anos de estrada, produz o seu próprio ouro em forma de musica autoral com a mesma dinâmica e alegria do inicio dessa grande ideia.

Agrega ao rock instrumental, além da técnica, um experimentalismo tão macio e cortante, inovador e contemporâneo.

Paim

Paim

Paim é cantor e compositor. Vocalista da banda Ram, baixista do Cabezas Flutuantes, tecladista da Orquestra Mineira de Brega, também integra o bloco carnavalesco da Alcova Libertina.

Entre o rock, o psicodélico, o soul e o country, Paim desenha canções que sonorizam um universo lúdico e introspectivo.

Pesta

Pesta

A Pesta é uma banda de doom/stoner metal formada em Belo Horizonte em 2014.

Sua sonoridade foi forjada a partir das influências de bandas como Pentagram, Cathedral, Sleep, Trouble e Black Sabbath.

O transita entre o doom metal tradicional, o stoner rock e o hard rock 70.

Quarto Astral

Quarto Astral

Quarto Astral é um power-trio pernambucano de Space-Rock-Fusion-Progressivo.

Com forte influência da psicodelia e do Rock das décadas de 60 e 70, com a liberdade do Jazz e a grandeza do Prog.

Solos de guitarra, improvisos e desencadeamentos harmônicos conduzem suas composições.

Renato Caetano

Renato Caetano

Renato Caetano, violeiro, compositor, professor, mestre em música pela UFMG trabalha, desde 2007, na mistura entre a tradição com influências do mundo contemporâneo, no qual as fronteiras e as separações estão, cada vez, mais tênues.

Essa mistura cultural é realizada através da viola de dez cordas, conhecida, também, como viola caipira, com o nosso Rock’n’Roll.

Rocks Off

Rocks Off

Rocks Off foi formada em 2010 com o intuito de homenagear os grandes ídolos do Rock’n’Roll, executando suas canções com o máximo de energia possível.

No repertório, Beatles; Rolling Stones; Cream; Pink Floyd; Jimi Hendrix; Lynyrd Skynyrd; The Who; Jethro Tull; The Doors; Led Zeppelin; Black Sabbath; Deep Purple e outros grandes grupos da época.

Serpente

Serpente

Banda que fez história no Rock de Minas Gerais, com seu estilo puro e cru.

Serpente surgiu em 82 para tocar seu Rock’n’Roll autêntico e autoral em muitas noitadas de BH.

São do Serpente pelo menos dois hits entre os grandes do Rock mineiro: “Põe na Roda” e “Dia Louco”.

Seu Silva

Seu Silva

Melodias e letras inspiradas no folclore nordestino e na Literatura de Cordel, resultante da mistura de Embolada, Repente e Baião.

Tudo isso somado ao rock and roll: um som que eles próprios batizaram de “Repentecore”.

Somba

Somba

Rock clássico, psicodélico e bem-humorado, a banda Somba herdou a sonoridade dos anos 70, típica de bandas como Made no Brasil, Mutantes, Casa das Máquinas.

Somba tem um grande leque de influências, música dosada com humor leve e saudável além da brasilidade fundamental.

Suspense

Suspense

Suspense é uma banda de BH que une a ousadia do Rock Progressivo com a energia da música Pop, e uma deliciosa pitada de malícia jazzística.

A banda conta com músicas autorais com letras em inglês, repletas de riffs de teclados, solos de guitarra e melodias marcantes.

Suspense está finalizando o primeiro EP.

Uai Heep

Uai Heep

A Uai Heep é a banda primeira banda mineira de tributo ao Uriah Heep, e nasceu do gosto de dois amigos por duelos entre os órgãos pesados e guitarra.

O peso dos teclados com overdrive e as influências do erudito e do progressivo se fundem em uma homenagem à banda britânica Uriah Heep.

WarBoar

WarBoar

A WarBoar é uma banda de Folk Metal de BH com letras em português, e se destaca pelo som contagiante, típico da musica folk, sem perder a essência do Metal.

A banda conta com 2 singles lançados, bastante marcada pelo seu primeiro lançamento a musica “Javali de Guerra”, que inclusive teve a maior repercussão dentre os fãs e se tornou referência.

Wisache

Wisache

Rock’n’roll com muita energia e atitude. Assim se define o som do Wisache.

Uma grande explosão caótica que mistura “punch” e melodias em sua essência mais pura, trazendo o melhor estilo moderno e consistente.

YesSongs

YesSongs

Rara combinação de experientes músicos de São Paulo com uma paixão em comum: a música mágica do lendário conjunto inglês YES.

A riqueza de detalhes nas apresentações do YesSongs envolve a pesquisa minuciosa de timbres, arranjos e da atmosfera musical do YES, já tendo sido reconhecida, inclusive, pelo conjunto original.

Ingressos

 

 

Garanta seu

"Passaporte da Alegria"